Entrevista a Thugpaxion

Newsletter

Hoje no nosso “Café p’la manhã”, tivemos o prazer de entrevistar Thugpaxion!
Artista bem conhecido na Cultura Underground Tuga. Está novamente nas boas da
Cultura. Entrevistas, views com 5 algarismos e o som com Arkanoide a passar na
Rádio. O recomeço não poderia ter sido melhor.
O Artista está prestes a carimbar mais um projeto interessante em terras
portuguesas para os seus ouvintes cibernautas. Os amantes do Movimento já
contam com 22 trabalhos para download. Disponíveis no nosso Magazine.
O mais recente trabalho…. Será em formato EP! Tendo como titulo
#TrapperOfTheYear. Um projeto com 5 faixas e muita boa vibe. Concluído e
aguardar pela data oficial de lançamento.

Download? Clica...

Entrevista:

#FMN - Thugpaxion o que nos podes contar sobre o projeto que está brevemente a sair?


Thugpaxion - Depois de quase 3
anos ausente decidi lançar um projeto
intitulado de “Trapper of the year”.

 


#FMN - O que nos podes falar sobre a produção?


Thugpaxion - A produção foi toda gravada no estúdio do wise boy g, e
escolhi mais o género smoot e aonde sinto que o meu flow encaixa mais.



#FMN - Quais foram os motivos para os instrumentais serem de Trap?


Thugpaxion - Escolhi o trap por ser o estilo de rap mais consumido
ultimamente e nunca fui apologista a esse estilo.

 


#FMN - Certamente um Work a falar sobre a tua “#Life”.
O que esperas alcançar?


Thugpaxion - Quero voltar a dar concertos e conseguir expandir a minha
marca de roupa.

 


#FMN - Após, tantos anos de “facadas”.
Em quem
se tornou Thugpaxion?


Thugpaxion - ThugPaxiOn tornou se numa personalidade mais maduro e já
não da confiança a ninguém do movimento de rap por causa de muitos boicotes de
quem ele mesmo já representou no passado.

 


#FMN - Thugpaxion esta a tornar-se uma Marca.
Quais são os teus planos?


Thugpaxion - Os meus planos e um dia ter uma loja de roupa posso falar um
pouco disso, no primeiro ano da marca consegui ver em media de 3mil euros em
investimento e lucros.

 


#FMN - O Mundo está a globalizar-se a um nível alucinante. Achas que existe, uma solução
que respeite as nossas identidades Culturais?

 


Thugpaxion - A nossa cultura foi vendida já a tempo e se as massas não se
organizem para que algo mude amanha deixara de existir identidades.


#FMN - Tens algum há parte para os nossos sistemas governativos?
Aquela dica…

 


Thugpaxion - Hoje em dia é muito perigoso tocar nesse assunto quando o
assunto é rap, porque fazemos parte de elites globais. Aonde a mensagem tem
muito poder nas comunidades.



#FMN - Temos assistido a uma ascensão do Hip-Hop em Portugal.
O que achas disso?


Thugpaxion – Todos sabem fui dos rappers mais influentes do underground,
os números de trabalho falam por si numa altura em que o YouTube ganhava
dimensão o meu nome já tinha milhares de visualizações e muito antes disso os
meus sons já giravam de pen em pen fazendo virais nas ruas.
Depois de surgir uma nova vaga no hip-hop vi blogs a deixarem de me promover,
organizadores de eventos a boicotarem me concertos E etc.
Senti o meu nome a ficar PA traz. Vejo com maus olhos da mesma forma que
rappers olham pro meu percurso movimentando sempre sozinho.

 


#FMN - Achas que vivemos num Matrix.
Num Mundo real que se molda conforme o comprimento da agenda?


Thugpaxion - Matrix basta ver o filme para perceber…

Cateni Rapper pa mi
Voltar ao post do Videoclip na #FMN? Clica na Imagen

Single do EP...

Voltar à página do Thugpaxion na #FMN? Clica na Imagen

A sua ordem de compra não está concluída. Deve ser cumprida. Volte a visitar a sua ordem... Ignorar